A metamorfose: preconceito e empatia são debatidos em oficina de literatura

Oficina de literatura é atividade complementar para alunos do curso de Direito

9 de Abril de 2018

“Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso”. O primeiro parágrafo já anuncia o clímax da trama, escrita em 1912 por Franz Kafka. “Talvez, àquela altura, o escritor nem imaginava que tinha escrito, em apensas três semanas, uma história imortalizada na literatura.”

“Quando lemos a versão em português, não conseguimos captar toda a beleza desse texto”, diz Danny Barradas, que conduz no iCEV a oficina “Expedições pelo mundo da cultura”, em sábados pré-agendados para alunos do curso de Direito. “Três negativas aparecem na primeira frase, em alemão”, analisa Danny. “Isso já dá pistas da intenção de Kafka”.

“Na tarde do último sábado, dia 7, um grupo de alunos se reuniu para discutir a obra A Metamorfose”, o drama de Gregor Samsa, um caixeiro-viajante que encontra-se metamorfoseado em inseto. O enredo foi usado para discutir temas como preconceito e a forma como a sociedade discrimina o diferente.

“A família do Gregor tem culpa de ficar com medo dele?”, indaga a facilitadora. “Não! Tudo aquilo que não nos é familiar nos causa repulsa, a princípio”. Os alunos debateram sobre sentimentos como responsabilidade, culpa, afeto, coragem, covardia e empatia.

O método utilizado por Danny correlaciona diversas leituras em torno da mesma discussão: dessa vez, ela trouxe trechos de Goffman, As viagens de Gulliver, O corcunda de Notre Dame e, é claro, Shakespeare. “O duelo entre assustar e aceitar e entre ação e vontade pautou a conversa durante o encontro.”

Saiba mais sobre a oficina de literatura clássica do iCEV!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar

Compartilhe com um amigo

Tem uma pergunta?
Nós estamos aqui para ajudar. Envie-nos um e-mail ou ligue-nos para (86) 3133-7070
Entrar em contato!
© 2017 iCEV Instituto de Ensino Superior