fbpx

Como as Organizações Estudantis podem te treinar a um futuro promissor?

Liderança e senso de inovação são habilidades valorizadas por professores e avaliadores

22 de junho de 2019

Os seus professores de hoje serão seus colegas de trabalho daqui a um tempo, já tinha pensado nisso? E mais, provavelmente serão seus avaliadores e selecionadores para futuros jobs (isso te assusta ou te deixa animado?).

Alunos motivados, engajados e interessados sempre serão os preferidos dos professores, claro, e uma ótima forma de mostrar e desenvolver esses atributos é por meio das Associações Estudantis.

Essas Associações Acadêmicas, que são organizadas e executadas pelos próprios alunos, planejam debates, projetos de consultoria, ações de integração com a sociedade, atividades esportivas, engajamento em projetos sociais, festas (essa parte todo mundo gosta, né?) e muito mais. No iCEV, as organizações estudantis são apoiadas e incentivadas  pois o Instituto acredita que os alunos aprendem, e muito, sendo estimulados dentro e fora da sala de aula.

 

Treinando a autonomia

Presidentes das Associações Acadêmicas do iCEV

Promover a autonomia do estudante que está sendo formado para uma profissão é a missão do iCEV, e as Associações são essenciais nesse processo por demandar senso de liderança e responsabilidade, habilidades que os transformarão em profissionais completos, como explica a diretora acadêmica, Adriana Ferro, explicando  a importância do fomento dessas atividades pela instituição.

As Associações têm a capacidade de potencializar qualidades nos estudantes, ou até mesmo despertar para novas habilidades. A excelência requer prática e conhecimento de suas capacidades, e as habilidades podem ser desenvolvidas pelo trabalho em conjunto das organizações.

 

Pertencimento

 O iCEV é como uma segunda casa para os alunos, então nada melhor do que ter a cara deles. Essas associações são muito importantes para ajudar a desenvolver e fortalecer o sentimento de pertencimento, além de tornar o ambiente mais agradável, trazendo motivação para as demais atividades. “Quanto mais os alunos desenvolverem atividades dentro da instituição, mais vão sentir que são membros atuantes de sua construção. Tenho confiança de que essas experiências realmente fomentam a formação do aluno, competências que só a sala de aula não pode dar a eles”, conta a diretora acadêmica.

 

Networking e amizades

Além de ajudar na interação dos alunos com professores, e até com outros profissionais como procuradores, defensores públicos, administradores de empresas, comunicadores, contadores, psicólogos, entre outros, as atividades das Associações servem como vitrines para os alunos, é o que explica a psicóloga do iCEV, Layse Policarpo:

“Quando as atividades são pensadas e principalmente executadas com eles sendo protagonistas cria-se um leque de oportunidades, ainda auxiliam muito no desenvolvimento de outras habilidades, senso de responsabilidade, liderança, oratória, organização e senso de inovação”, completa a psicóloga.

 

Atividades extracurriculares deixam seu currículo mais atrativo

Associações trabalham de forma integrada entre si

A dedicação aos estudos e a outras atividades prepara o estudante para o mercado, e mais do que isso, amplia a performance e mostra o potencial de ser um profissional com habilidades para lidar com diversas situações, que falam com segurança e propriedade do conteúdo, buscam gerenciar sua carreira de forma inovadora, se engajar na instituição e assumir lideranças.

Os próprios alunos percebem as organizações acadêmicas como oportunidades de ascensão. “O ambiente da faculdade te propicia muito além da matéria na sala de aula, o que puder participar nesse meio vai te diferenciar e te enriquecer”, aconselha Amanda Assunção.

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
Tem uma pergunta?
Nós estamos aqui para ajudar. Envie-nos um e-mail ou ligue-nos para (86) 3133-7070
Entrar em contato!
© 2017 iCEV Instituto de Ensino Superior